Dicas de FanáticosNotebookNovidadesSmartphoneVideo

Como cuidar da BATERIA do seu dispositivo e fazê-la durar mais!

Aparelhos eletrônicos fazem parte da nossa rotina, seja em casa, no trabalho ou para o lazer. A maioria deles, principalmente aqueles que estão sempre com a gente, dependem de baterias. E, com o avanço dessa tecnologia, algumas coisas que sempre nos disseram sobre baterias podem já não fazer tanto sentido. É preciso recarregar por 24 horas ao usar o celular pela primeira vez? Posso usar o notebook com a bateria sempre na tomada? Essas são algumas dúvidas que sempre estiveram no ar. Neste post, nós vamos esclarecer de uma vez por todas essas e outras questões e te mostrar como cuidar da bateria do seu notebook e celular para que ela dure mais e por mais tempo. E quem vai nos ajudar a entender como cuidar da bateria desses dispositivos é Telles Brunelli Lazzarin, Professor do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Antes de mais nada… como funcionam as baterias?

As baterias utilizadas nos celulares e notebooks são basicamente um conjunto de pilhas ligadas em série que conseguem produzir e armazenar uma certa quantidade de energia com uma determinada eficiência. De acordo com os conceitos de Química, uma bateria é um dispositivo eletroquímico normalmente organizado dentro de uma caixa feita de polímeros que, através do processo de oxirredução (oxidação e redução), cria uma corrente elétrica.

O material mais comum utilizado nas baterias de smartphones e notebooks é o íon de lítio. Baterias com esse material são bastante usadas por oferecerem maior durabilidade de carga, menor quantidade de substâncias resultantes e menor efeito memória (o que conhecemos como vício da bateria). Esse material (o lítio) é obtido de fontes naturais, principalmente salmouras ricas em minerais. Inclusive é aqui na américa do sul que está a maior reserva de lítio do mundo. Ela fica no Salar de Uyuni, na Bolívia. O processo de extração do carbonato de lítio, a principal matéria-prima utilizada nas baterias, demora entre 12 e 18 meses.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre esse componente que equipa seus aparelhos, é hora de entender como cuidar da bateria pra que ela dure mais.

A primeira recarga precisa ser de 24 horas?

Muitos vendedores recomendam que a primeira recarga de um celular deve ser de 24h, mesmo que a bateria atinja 100% já nas primeiras horas. De acordo com o professor Telles, essa recomendação já não é mais necessária graças à evolução da tecnologia e às baterias de lítio. Deixar que a primeira carga seja uma carga completa, ou seja, de 0% a 100%, como faz o professor, ainda é uma boa ideia. No entanto, não é obrigatório ficar sem seu novo aparelho por um dia inteiro após a compra.

Posso deixar o notebook e celular sempre carregando?

É muito comum usar o notebook conectado à energia sem desconectar a bateria quando há uma tomada por perto. Afinal, por que você vai desperdiçar bateria se tem como deixar o notebook na tomada, né? 

Outra preocupação dos usuários é sobre deixar o celular carregando a noite inteira, quando sabemos que a recarga acontece em um tempo menor. Será que esses comportamentos prejudicam a bateria do seu computador?

O professor Telles explica que não. As fabricantes têm desenvolvido e aprimorado sistemas que evitam a sobrecarga da bateria. Isso quer dizer que, a partir do momento em que seu dispositivo estiver 100% carregado, ele vai passar a usar a energia da tomada diretamente, sem “continuar carregando a bateria infinitamente”. Algumas das principais marcas de notebook, incluindo a ASUS, até recomendam utilizar as máquinas conectadas na tomada devido a essas tecnologias.

Os celulares da ASUS também contam com o auxílio de Inteligência Artificial pra fazer esse gerenciamento de energia. O que a IA dos novos Zenfone e ROG Phone faz é identificar momentos em que o aparelho está carregando e não está em uso. Como enquanto a gente dorme, por exemplo. Ao botar o celular pra carregar antes de dormir o aparelho vai carregar até 80% e identificar o momento que o usuário acorda, seja através do alarme configurado ou porque o aparelho já aprendeu a hora que ele volta a mexer no celular. Minutos antes disso acontecer, o aparelho volta a carregar para atingir os 100%.

O Professor Telles explica ainda que dispositivos como celulares e notebooks funcionam por ciclos de carga e recarga. Ou seja, se o seu aparelho estivesse, teoricamente, o tempo todo na tomada, ele não realizaria esses ciclos profundos ou completos e a bateria, por sua vez, seria preservada.

Como cuidar da bateria pra que ela dure mais?

Como a premissa dos smartphones e notebooks é justamente ser um dispositivo móvel, uma forma de fazer essa bateria ter uma maior longevidade mesmo longe da tomada é administrar esses ciclos e a profundidade de descarga, que também afeta a vida útil do componente. Algumas dicas dadas pelo Prof. Telles incluem:

  • Evitar que a bateria chegue a 0%. É recomendável recarregar o smartphone ou notebook quando ele estiver ali pelos 30% ou 40% de carga.
  • Priorizar recargas completas. Ou seja, tente não ficar desconectando o celular do carregador antes de ele atingir os 100% de bateria.
  • Outra dica, essa recomendada por fabricantes, é fazer o ciclo de recarga completo (do 0% ao 100%) a cada quinze dias.

Escolha bem seu carregador!

Outro ponto importante é que um carregador de qualidade também é essencial para garantir a qualidade e durabilidade da bateria. Dentro desses carregadores, adequados ao tipo de dispositivo que está sendo usado, existe todo um circuito pra gerar a corrente certa para que ocorra o carregamento dos smartphones “sem agredi-los”. Se o carregamento for muito rápido, por exemplo, pode haver a degradação do módulo.

No entanto, com o avanço da tecnologia, os atuais smartphones possuem um truque na manga: um sistema de controle do processo de carga. Assim, mesmo que seu carregador possa oferecer mais do que seu celular suporta, o aparelho regulará a potência e carga recebidas para que não haja problemas.

Gerencie bem o uso de aplicativos, se quer que a carga dure mais

Por fim, algo mais básico, mas que também afeta o modo como a bateria do seu smartphone é utilizada: gerenciar/otimizar os aplicativos utilizados. Quanto mais apps utilizamos durante a rotina, principalmente jogos mais pesados, a bateria do smartphone é consumida mais rápido. “Bateria tem uma capacidade de energia armazenada ali dentro. Então, quanto maior o processamento que você exigir, mais energia você estiver usando, mais rápido vai descarregar  sua bateria”, esclarece o Prof. Telles.

Seguindo essas dicas, a bateria do seu celular vai durar mais e por mais tempo. Agora comenta pra gente: você já tomava esses cuidados? Para mais dicas de como usar melhor seu celular e notebook e cuidar da bateria, acesse nosso canal do Youtube!

Posts relacionados
Dicas de FanáticosNovidadesSmartphone

Esqueceu a senha? Saiba como desbloquear seu aparelho Android!

ASUS BrasilASUS GlobalNovidadesSmartphone

ASUS anuncia data de lançamento do ROG Phone 5 no Brasil

Dicas de FanáticosSmartphoneVideo

Dica de Fanáticos: como salvar suas fotos na Nuvem!

ASUS GlobalNovidades

Create the Uncreated: ASUS mostra linha ArtPro, telas OLED e mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vale a leitura
Dica de Fanáticos: como economizar a bateria do ZenFone enquanto você dorme