O que é o IMEI e para que ele serve

O que é o IMEI e para que ele serve

Seu celular, assim como você, tem um número de identidade: o IMEI. Comparado a um carro, ele seria o equivalente ao número de chassi do veículo. Como ele é um número único, pode ser utilizado para reconhecer um aparelho ou fazer a verificação de rede. Além disso, serve para ver se ele não está bloqueado, verificar garantia e pode ser pedido até mesmo em atualizações beta de alguns softwares.

Neste post, nós vamos te mostrar o que é o IMEI, como descobrir o do seu celular e explicar por que ele é importante.

O que é o código IMEI

O significado de IMEI é Identificação Internacional de Equipamento Móvel e vem do inglês International Mobile Equipment Identity. Todo celular tem um número IMEI próprio e único.

Ele é uma sequência de 15 dígitos, algo como 000000-00-000000-0. Os primeiros seis dígitos servem para indicar o local onde o telefone foi criado e são denominados TAC. Já os dois números seguintes apontam quem é o fabricante, em seguida vem o número de série e um dígito verificador.

ASUS Zenfone Max Shot na Fast Shop
PUBLICIDADE

Como verificar o IMEI do meu celular?

Agora que você já sabe o que é o IMEI, é hora de descobrir como localizar o do seu celular. Abaixo, listamos algumas formas:

  • Abra o discador e digite *#06#. Se o número não aparecer na tela, pressione o botão de “ligar”.
Imagem com dois números de IMEI
Em um smartphone com dois chips, serão exibidos dois números de IMEI (*números fictícios na imagem)
  • Procure na caixa do celular, no verso ou na parte de dentro;
  • Verifique o adesivo na bateria do aparelho (se o seu celular tiver a traseira destacável);
  • Em alguns casos há um adesivo que fica na bandeja do cartão SIM.
No ZenFone, o número de IMEI está presente em um adesivo na caixa. (*número fictício na imagem)
Além disso, há adesivos com o número do IMEI dentro da caixa do ZenFone. (*número fictício na imagem)

Um detalhe importante: smartphones com dois chips têm dois números IMEI. Os dois serão exibidos na tela ou aparecerão juntos no adesivo.

Verifique se o número exibido na tela do celular é o mesmo que consta no adesivo presente na caixa do aparelho. Caso eles sejam diferentes, pode ser um indício de que o aparelho está irregular.

Utilizando o IMEI em caso de roubo, furto ou perda

O primeiro passo após perder o celular, ter sido roubado ou furtado, é ligar para a sua operadora e solicitar o bloqueio temporário do aparelho. Para isso, será necessário informar apenas o número do celular. Ter o número do IMEI nesse momento não é mais uma exigência. No bloqueio temporário, o aparelho fica bloqueado por 48 horas.

Perdeu seu ZenFone? Veja como encontrá-lo!

Segundo a ANATEL, para efetuar o bloqueio permanente, será necessário um boletim de ocorrência ou outro documento que comprove a relação de consumo, como a nota fiscal. Por isso, é importante guardar a nota fiscal do seu aparelho após a compra. Caso o aparelho seja recuperado, basta ligar novamente para solicitar o desbloqueio.

Mesmo que não seja mais necessário ter o IMEI no momento do bloqueio do celular, ele ainda é muito importante para o registro do boletim de ocorrência. De acordo com a polícia civil, essa informação facilita o contato da polícia com a operadora do celular no processo de investigação do ocorrido.

O número IMEI também é importante para ver se o aparelho está devidamente cadastrado na rede e ver se está regular com a ANATEL. É importante, antes de comprar um aparelho usado, por exemplo, verificar o número IMEI no site da ANATEL. De acordo com a agência, ao fazer essa consulta, você pode verificar se há algum “registro de impedimento no aparelho que você possui ou pretende comprar”.

*editamos os números de IMEI nas imagens para evitarmos qualquer clonagem ou bloqueio dos aparelhos

Comentários

Comentários

Compartilhar: